Prancheta 2

Os idiomas mais difíceis do mundo!

Olá, cidadãos do mundo!

Agora que vocês já sabem que o inglês é a língua mais fácil de aprender, trouxemos para vocês uma outra curiosidade: os idiomas mais difíceis do mundo!

Um dos elementos para definir o nível de dificuldade de aprendizado de um idioma é a média de tempo para se aprender. As línguas consideradas mais fáceis, como espanhol, francês e italiano, demandam uma média de 575 a 600 horas para obtenção de um nível de comunicação. Já as línguas consideradas mais difíceis por sua complexidade e mesmo a ausência em nosso cotidiano como coreano, mandarim e japonês, demandam aproximadamente 2.200 horas de estudo. Línguas como russo, hebraico e grego, demandam , em média, 110 horas.

Nesta seleção consideramos os idiomas mais falados e populares, contudo, há centenas de idiomas considerados super difíceis, como: africâner, galês, gaélico, euksara, esloveno, persa, navajo, etc! A lista é longa e nos mostra quantas línguas e dialetos diferentes existem no mundo! Viva a diversidade cultural!

Vamos à nossa seleção!

1 – Coreano

Falado por 64 milhões de pessoas, apresenta sentenças de estrutura complexa, bem como uma série de regras de sintaxe e conjugação.

2 – Mandarim

Falado por 1,2 bilhões de pessoas, o mandarim é uma língua tonal, ou seja, o significado de uma única palavra varia de acordo com a entonação que é pronunciada. Possui, ainda, milhares de caracteres e um sistema de escrita complexo.

3 – Japonês

Falado por 122 milhões de pessoas, em sua maioria no Japão, o Japonês possui 3 sistemas diferentes de escrita e 2 sistemas silábicos. Assim como o coreano, também exige o estudo de milhares de caracteres.

4 – Árabe

O Árabe tem muito poucas palavras que se assemelham às das línguas europeias. A escrita também usa poucas vogais, o que é uma das grandes dificuldades daqueles que tentam aprender a língua. O país com maior concentração de falantes nativos é o Egito, e o número total no mundo são 221 milhões.

5 – Polonês

Por seu complexo sistema de consoantes – “apenas” 35 – essa língua não possui artigos, existe o gênero neutro e o plural dos substantivos depende de gênero e se é humano ou animal.

6 – Húngaro

Se trata de uma língua aglutinante, isso quer dizer que as palavras são formadas através da união de partículas independentes, não existe preposição ou sufixo. Não apenas, é muito difícil aprender a escrever as palavras, bem como diferenciar as vogais longas das breves.

7 – Finlandês

Assim como o Húngaro, é uma língua aglutinante. Além disso, sua gramática se baseia na variação de cada palavra, a posição em que elas estão dentro da frase também determina a mensagem a ser passada.

8 – Lituano

Com um léxico extremamente arcaico e complexa conjugação de verbos, o Lituano ainda possui letras que são escritas de maneira diferente, dependendo de sua função.

9 – Russo

Por ser um país enorme, os sotaques são os mais diversos, não apenas, o alfabeto é diferente do nosso e a gramática altamente irregular.

10 – Alemão

Por apresentar uma variedade de substantivos e verbos, possui 4 tipos de declinação e gênero neutro.

E você, já ouviu falar de alguma língua bem difícil? Conte pra gente nos comentários!