Captura de Tela 2019-03-25 às 16.43.08

Regras gramaticais do Simple Present (parte 2)

Relembrando o Simple Present

O Simple Present é um dos tempos verbais em inglês, e é equivalente ao presente do indicativo do português. Ele é utilizado para expressar ações que ocorrem no presente, afirmar verdades, expressar sentimentos, opiniões, preferências, etc e por isso é tão importante atentar para algumas regras de conjugação.

Clique aqui e relembre as regras e exemplos de sentenças afirmativas no Simple Present.

Sentenças negativas

Agora que você já relembrou as regras de conjugação, vamos ensinar para você como este tempo verbal se comporta em sentenças negativas.

Para construir as frases negativas (negative form), utilizam-se os auxiliares do e does.
– Para os pronomes I, You, We e They, utiliza-se “do”.
– Para os pronomes He, She e It utiliza-se “does”.

Conforme veremos nas frases a seguir, o verbo volta para a forma indicativa (porém, sem o “to”) e a negação é expressa pelas partículas auxiliares acrescidas de “not”.

DO + NOT = DON’T
DOES + NOT = DOESN’T

Exemplo do verbo “to work” em uma oração negativa:
– I don’t work ou I do not work.
– She doesn’t work ou She does not work.

As frases afirmativas no Simple Present possuem a seguinte estrutura: SUJEITO + VERBO AUXILIAR (DO ou DOES) + NOT + VERBO PRINCIPAL + COMPLEMENTO
Exemplos:

I do not live in Canada. (Eu não moro no Canadá). – verbo to live
She does not teach French at the university. (Ela não ensina francês na universidade.) – verbo to teach
They don’t prefer Mexican food. (Eles não preferem comida mexicana.) – verbo to prefer
He doesn’t watch TV every day. (Ele não assiste TV todos os dias.) – verbo to watch
We do not like to go to the farm during the week. (Nós não gostamos de ir à fazenda durante a semana.) – verbo to like

Acompanhe nosso blog, pois nos próximos dias vamos postar as regras do Simple Present para sentenças interrogativas!